Preservando histórias

O Museu da Família apoia-se em um banco de dados para catalogar e guardar o acervo constituído de cada cidadão, família ou instituição que faz parte de nossa rede.

A plataforma on-line permite a montagem de acervo digitalizado de fotos, vídeos, cartas, cadernos de receitas e documentos importantes no seio das relações de cada família. Dessa forma, cada uma das famílias tem seu museu particular que, contribuindo com sua história promove o entendimento de que é parte de um todo maior, sua comunidade. A cada novo login a sua história é revivida e ajuda a recriar a história da coletividade.

Por se constituir como uma rede, o acervo de cada família compõe um enorme banco de dados que monta a trajetória de tempo, de acontecimentos e de fatos onde vive o que, por meio do compartilhamento fortalece os laços familiares e fraternais, além de fortalecer a percepção de pertencimento.
Dentro do acervo disponibilizado pelos usuários, as comunidades, de maneira coletiva, definem quais documentos são relevantes, indicando as características culturais daquela localidade. Isso possibilita a criação de um museu virtual temático, capaz de contar uma história sobre várias perspectivas e abrangendo a todos como personagens e autores da comunidade.
É importante ressaltar que a participação no Museu da Família não transfere os direitos sobre os documentos, que continuam pertencendo às famílias e ao detentor dos originais. Somente os documentos classificados pela própria família como públicos serão visualizados nas ferramentas de busca do banco de dados do Museu e poderão ser integrados à história do lugar.

 

Participe do Museu da Família!

Top